Direto do set de Twilight: Eclipse, VF.com entrevistou Ashley Greene (mais conhecida como “Alice Cullen” na Twilight saga) para falar de New Moon, reuniões do elenco e como se tornar uma vampira mudou a sua vida.

Então você está em Vancouver agora no set Eclipse

Ashley Greene: Sim, acabei de chegar no set! É uma hora de carro todo diam realmente lindo, nós saímos no meio do nada.

O que você está filmando hoje?

Tem muita ação nesse filme, muitas sequências de luta coreografadas. Eu, Nikki [Reed] e Kellan [Lutz] estamos trabalhando hoje, e estamos fazendo outra parte das sequências de luta. Nós estamos fazendo a parte da grande batalha vampiros/Cullen/lobos/recém-nascidos.

Como é trabalhar com diferentes diretores estando no mesmo personagem?

A princípio, é um pouco difícil, é muito de dar e receber. Todos são diferentes e cada um tem um jeito de fazer, mas está sendo muito bom. Você tem que se senter e ir, “Isso é o que eu tenho feito, esse é o porque de estar me sentindo assim,” e aí você tem que ouvir as sugestões. Basicamente, é tudo questão de comunicação, e isso não tem sido problema até então.

O seu papel como Alice Cullen vai se tornando cada vez mais inportante conforme a saga continua. Como foi sua experiência em filmar New Moon?

Foi incrível e eu acho que aconteceu no tempo certo. Fico feliz que o meu personagem não foi tão grande no primeiro porque eu estava assustada e nervosa. Já no segundo, eu tive tempo de desenvolver totalmente este personagem e estou realmente confortável com a Alice Cullen agora. Vai ser triste quando acabar tudo isso. Eu estava realmente empolgada quando li o roteiro porque eu tinha, é claro, lido o livro e nunca imaginei como eles iam passar isso para o filme, como foi ler, foi ótimo filmar. Chris [Weitz, o diretor] foi demais.

Você já viu o filme finalizado?

Eu vi há um mês atrás. Eu fiquei realmente feliz … Estou muito empolgada com relação a isso. Quando nós vimos o filme ainda estava incabado. Foi um daqueles primeiros cortes e já parecia realmente bom. A primeira coisa que passou pela minha cabeça foi “Oh meu deus, é maravilhoso!” Do jeito como foi filmado … Javier, nosso diretor de fotografia, ele fez um trabalho maravilhoso. Todos nós ficamos realmente, realmente muito bem!

O quanto esse foi diferente do primeiro filme?

Esse é mais perigoso; é mais obscuro nos figurinos, no cenário e no tom. Os Volturi apareceram e realmente fizeram com que eles parecessem assustadores. Acho que por isso a iluminação é tão importante; foi a chave. Uma boa disso é na Itália…

Como foi filmar lá?

Incrível. Eu quero voltar! Nós estivemos na parte rural—você podia tirar uma foto que seria coisa de cartão postal. O lugar que nós ficamos era privativo, sete chalés e os donos cozinhavam nosso café da manhã, almoço e jantar todos os dias e foi realmente muito legal. Até trabalhar onde estávamos filmando—não eram sets construídos—foi incrível poder ir àqueles prédios antigos, construções maravilhosas. O que passava na minha cabeça era “Pessoas realmente vivem aqui…Eu queria viver aqui!”

Qual foi sua cena favorita de filmar?

Dirigir o Porsche foi realmente divertidowas. [risos] Eu tive que dirigir naquelas ruas minúsculas, de pedra, tendo que dizer minhas falas. Na verdade, eu estou orgulhosa que consegui e não causei nenum acidente! Mas filmando uma das primeiras cenas, quando Alice faz a festa de aniversário e Bella tem o dedo cortado pelo papel, foi realmente divertida porque estávamos todos lá. Durante [New Moon] era basicamente eu e quatro ou cinco outros membros do elenco. A família Cullen só esteve lá mesmo por uma semana. Foi legal porque começamos com a volta, reunindo e vendo todo mundo de novo … e veremos Jasper em ação.

O que você diria que foi a maior mudança em sua vida desde Twilight?

Minha vida é um grande turbilhão agora. Eu só estou trabalhando, trabalhando e trabalhando. Com o sucesso do filme, há muitas coisas que lhe são oferecidas, lugares que as pessoas querem que você vá só para te ter lá, e eu realmente não tenho sido capaz disso. Entre isso e outros filmes, eu só tenho trabalhado. Sabe, eu estava lutando para ser atriz, trabalhando como modelo para pagar as contas. Eu ficava preocupada com o aluguel e vivia com mais duas outras pessoas. Vir disso e chegar onde onde estou agora, “Eu preciso de um descanso, preciso de um dia de folga,” é uma coisa louca. É bom e é cansativo, mas minha mãe ser capaz de ver tudo que eu faço todos os dias pela internet? Isso é louco! De ninguém nem saber realmente quem você é ou ligar para quem você é para de repente tem manchetes sobre o que você estava comendo, onde você estava indo, com quem você estava saindo ou tomando café, isso é doido. Mas eu acho que isso ajuda quando eu vou naquelas salas, encontrar com diretores ou produtores, todos repentinamente sabem quem eu sou. Essa é a coisa mais louca …

Como é isso?

Minha perspectiva toda mudou. Você vai nessas salas com produtores e diretores e você está nervosa, você está pensando que eles são os chefões dos estúdios e eles querem que você falhe. Então você faz parte de uma coisa como essa e aí quando você entra nessas salas eles querem saber o que você pensa, o que você quer fazer, como você vê o roteiro deles. Eu vou nesses lugares [agora], sento e converso com essas pessoas, que é o que eu deveria ter feito desde o início. É um mundo diferente.

Houve alguma mudança na forma como você interage com o elenco?

Sim, um pouco. Nós nos conhecemos agora, passamos por tudo juntos e estamos trabalhando juntos seis dias por semana, 12 horas por dia. Então defenitivamente nós nos conhecemos muito melhor e há mua química muito mais verdadeira. Também tem dias que descobrimos que alguém está mais irritável! Há uma grande coisa comum a todos nós e é como a vida de todos mudou drasticamente. Nós confiamos muito mais um no outro. Se alguém está passando por alguma situação, há alguém no elenco que passou pela mesma situação ou passará. É bacana.

Então você e o Kellan Lutz vão fazer uma festa de Halloween em Vegas … Você já tem sua fantasia?

Tenho! Mas eu não posso contar o que é ainda… Ok, eu vou de passarinho! Minha estilista encontrou essa fantasia para mim, porque eu tinha pedido se eu poderia criar uma e ela encontrou essa incrível e linda fantasia. Acho que vou adicionar algumas penas para que fique parecendo um pouco menos “Pássaro Sexy de Halloween.” Vai ser realmente divertido.

Qual sua palavra para hoje?

Nervoso! Estou um pouco nervosa por causa das coisas das lutas. [Risos] As acrobacias…

Fonte: VanityFair.com